Prémio Nobel da Paz em 2003

Shirin Ebadi nasceu no seio de uma família de muçulmanos praticantes em 21 de Junho de 1947, em Hamedan, Irão. Quando Ebadi fez 1 ano de idade, ela e a sua família mudaram-se para Teerão. Depois de passar nos seus exames de admissão, Ebadi passou três anos e meio na Faculdade de Direito da Universidade de Teerão. Após um ano e meio de estágio, começou as suas funções como um juíza em 1969, continuando a estudar no seu Doutoramento em Direito Privado. Em 1975, Ebadi foi nomeada presidente do Banco 24 do Tribunal de Teerão, tornando-se a primeira mulher na história do sistema de justiça iraniano a alcançar essa distinção. Ironicamente, apenas quatro anos mais tarde, Ebadi foi forçada a renunciar.